O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

24/04/2017

Morador do Beco do Batman permite volta do grafite

Publicado em 11/04/2017

Aposentado pintou muro de sua casa de cinza para chamar atenção das autoridades sobre problemas dos moradores

João Batista da Silva, em frente a sua casa / Grupo 1 de JornaisPor Diego Gouvêa

O aposentado João Batista da Silva, 70 anos, que chamou a atenção da mídia na última segunda-feira (10) por cobrir o muro de sua casa no Beco do Batman com a tinta cinza, decidiu permitir o grafite no local novamente. A atitude cometida anteriormente teve o objetivo de chamar a atenção das autoridades para os reflexos que o uso indiscriminado do espaço, conhecido mundialmente pela arte de rua, tem causado aos moradores.

“Vão poder fazer grafite aqui de novo. Todos nós junto à Prefeitura e aos grafiteiros vamos pensar em um projeto sobre o que será feito aqui, não tenho nada contra grafite, queria só chamar a atenção para o que acontece na rua. Sempre me dei bem com os grafiteiros”, explica João Batista, que desde a infância mora na Vila Madalena. Na terça-feira (11), ele recebeu a visita do prefeito regional de Pinheiros, Paulo Mathias, que conversaram a respeito da situação do Beco do Batman, oficialmente chamada Rua Gonçalo Afonso.

Segundo o morador, o problema no Beco do Batman não é o grafite, mas os excessos do público, que se aglomera durante a noite próximo às casas, cena que se tornou frequente desde que uma nova iluminação foi instalada pela Prefeitura de São Paulo no ano passado. “No início achávamos que seria algo bom, mas tem vez que é 23h e ainda tem grupos de amigos bebendo e falando alto por aqui”, afirma ele, que gastou R$ 200 em tinta para pintar o muro.  

Muro nos fundos da casa de João Batista, que teve os grafites apagados / G!JO autor da obra da obra apagada, Binho Ribeiro, declarou que compreende a medida de João Batista. Segundo o grafiteiro, “é preciso escutar os moradores, e que o espaço pode ter um melhor convívio entre os turistas e os vizinhos”. O artista também defendeu providências para que o Beco do Batman seja melhor estruturado no que se refere à segurança.

O prefeito regional de Pinheiros declarou nas redes sociais que a administração municipal vai se comprometer a reforçar a fiscalização e os trabalhos de zeladoria no local. “Esse é o nosso compromisso aqui, para que moradores e turistas tenham uma relação de diálogo e entendimento”, disse Paulo Mathias.

 

FECHAR



Gastronomia

Colunistas

Tecnologia