O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

23/02/2018

Novo sistema de aluguel de bike estreia em Pinheiros

Publicado em 01/02/2018

Estação no Largo da Batata disponibiliza 40 bicicletas para compartilhamento, região de Pinheiros é a primeira da capital a contar com o novo sistema / Grupo 1 de Jornais  Por Diego Gouvêa

Pinheiros é a primeira região da capital a contar com o novo sistema de compartilhamento de bicicletas, lançado na última terça-feira (30) no Largo da Batata. Ao todo, serão 25 estações espalhadas em ruas próximas à ciclovia da Avenida Brigadeiro Faria Lima, uma das mais utilizadas da cidade. Entre as principais novidades está o fim da gratuidade na primeira hora de locação e a possibilidade de utilização por meio de um cartão exclusivo do sistema.

Para utilizar o serviço, é necessário o cadastro pelo site www.bikeitau.com.br ou pelo aplicativo Bike Itaú, onde serão apresentados planos com valores diferenciados conforme a extensão dos mesmos: diário (R$ 8); três dias (R$ 15); mensal (R$ 20) e anual (R$ 160). O pagamento pode ser realizado pelo aplicativo e pelo site. No antigo sistema, o aluguel era pago somente com cartão.

Há também a possibilidade de o usuário não cadastrado comprar o plano diretamente nas estações com totem de atendimento. Porém, essa opção estará disponível apenas nas estações principais, como a que foi inaugurada no Largo da Batata.

Nas estações, as bicicletas podem ser retiradas por meio do aplicativo, do Bilhete Único e do cartão exclusivo do serviço, que pode ser entregue em domicílio ao usuário, outra novidade. Este último recurso é opcional, e são cobrados R$ 5,00 de frete. As viagens do serviço terão duração de até 1 hora, com 15 minutos de intervalo entre elas. Excedido esse tempo, o usuário deverá pagar R$ 5,00 pela hora a mais. O aluguel de até 12 horas será permitido apenas em algumas regiões da cidade com terminais de transporte fora do centro expandido.

Bikes podem ser retiradas também por meio de cartão exclusivo do serviço / Heloisa Ballarini - Secom  Antes de o novo sistema de aluguel ser lançado, os usuários enfrentavam dificuldades no serviço. No ano passado, havia queixas frequentes de bicicletas quebradas por vandalismo ou falta de manutenção, além de dificuldades na retirada das mesmas nas estações. Segundo o secretário municipal de Mobilidade e Transportes, Sérgio Avelleda, o contrato com a empresa responsável pelo antigo sistema estava vencido.

Sobre o fim da gratuidade durante a primeira hora de uso, o secretário afirmou que essa foi uma opção da empresa prestadora do serviço. “Essa é a lógica da concorrência. Teremos várias modalidades de tarifa, que vão estimular a baratear os preços, mas nós estabelecemos uma tarifa máxima”, afirmou Avelleda durante a apresentação do novo sistema no Largo da Batata, ao lado do prefeito João Doria.

O primeiro sistema de compartilhamento de bicicletas lançado nesta semana é patrocinado pelo banco Itaú e será coordenado pela empresa Tembici, que opera o mesmo modelo em Recife. “É necessário para sustentar financeiramente o projeto, pois nenhum sistema de transporte no mundo é grátis”, justificou o CEO da empresa, Tomás Martins.

A estação do Largo da Batata, ao lado de uma das entradas da Estação Faria Lima do Metrô, conta com 40 bicicletas. Segundo Sérgio Avelleda, a região de Pinheiros foi a primeira a receber a nova fase do projeto porque a intenção da Prefeitura é substituir as antigas estruturas antes de expandir o sistema para o restante da cidade, o que deve ocorrer até junho, com a instalação de 260 estações e 2,6 mil bikes, segundo a administração municipal.

As bikes do sistema contam com novo design, aro 24, sistema antifurto, banco maior em relação aos modelos antigos, selim com marcas para ajuste de altura, dispositivo de trava, configuração de marchas para três velocidades, refletores frontais e traseiros e sistema de iluminação que permanece aceso por até 90 segundos.

 

 

Veja a seguir os 25 endereços onde o serviço pode ser encontrado:

1-      Largo da Batata – Estação Faria Lima do Metrô

2-      Estação Pinheiros da CPTM – Rua Gilberto Sabino, 138

3-      Rua Butantã, 316

4-      Avenida Rebouças, 3.642

5-      Rua Campo Verde, 231

6-      Rua Cardeal Arcoverde, esquina com Av. Brig. Faria Lima

7-      Rua Angelina Maffei Vita, 524

8-      Rua Hans Nobiling, 47

9-      Rua Prof. Artur Ramos, 350

10-  Rua José Gonçalves de Oliveira, 44

11-  Av. Dr. Cardoso de Melo, esquina com Rua Funchal

12-  Parque do Povo – Av. Henrique Chamma

13-  Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 1.151

14-  Rua Gomes de Carvalho, ao lado da Estação Vila Olímpia da CPTM

15-  Rua Funchal, 129

16-  Rua Helena, 29

17-  Rua Ministro Jesuíno Cardoso, esquina com Av. Brig. Faria Lima

18-  Rua Comendador[A1]  Miguel Calfat, esquina com Rua Clodomiro Amazonas

19-  Rua João Franco, 18

20-  Rua Bandeira Paulista, 1.237

21-  Rua Benedito Lapin, 81

22-  Rua Urussuí, 352

23-  Rua Viradouro, 30

24-  Rua Brasília, 147

25-  Rua Tapinás, esquina com Rua Pedroso Alvarenga

 

 

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia