O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

26/05/2017

Prefeitura lança plataforma colaborativa para Plano de Metas

Publicado em 27/03/2017

População pode apresentar projetos pela internet, programa reunirá diretrizes para a administração da cidade nos próximos quatro anos

População pode apresentar projetos pela internet, programa reunirá diretrizes para a administração da cidade nos próximos quatro anos / Grupo 1 de JornaisA Prefeitura de São Paulo criou uma plataforma colaborativa que receberá sugestões para a elaboração do Plano de Metas 2020, documento que reunirá diretrizes para a administração da cidade nos próximos quatro anos. Na primeira fase da consulta pública, a população poderá apresentar pela internet projetos e expectativas para a capital paulista.

Esta é a primeira vez que os cidadãos têm a oportunidade de participar da criação do documento, antes até da realização de audiências públicas. Pelo site, é possível propor soluções em áreas como educação, saúde e habitação. Para participar, basta acessar a página do Programa de Metas (http://programademetas.prefeitura.sp.gov.br) e efetuar um cadastro. Em seguida, o cidadão poderá explicar qual sua grande meta para São Paulo, quais as áreas envolvidas e também sugerir projetos para a Prefeitura.

Ao se registrar no site, os paulistanos também passam a receber por email informações sobre as próximas etapas da consulta. Na página, é possível também conhecer propostas de outros cidadãos. O site tem ferramentas de acessibilidade para pessoas com deficiência, com tradução em libras e estrutura compatível com leitor de tela.

Após a primeira versão do documento será possível participar da sua elaboração pelo site Planeja Sampa, em que o cidadão poderá fazer comentários relacionados a cada uma das metas. A base de dados dos dois canais digitais estará disponível em formato aberto a todos os munícipes. A previsão é que texto final do Plano de Metas esteja pronto em junho de 2017.


Audiências públicas
Além da consulta digital, estão previstas 38 audiências públicas, cuja programação começará em abril. Haverá um encontro em cada uma das 32 prefeituras regionais, cinco reuniões temáticas e uma na Câmara Municipal. A reuniões temáticas abordarão o desenvolvimento na cidade das áreas de economia e gestão, social, humano, urbano e meio ambiente e institucional. As datas e locais das audiências serão definidos até o fim de março.
 

Plano de Metas

O Plano de Metas está previsto na Lei Orgânica do Município desde 2008 e obriga todo prefeito a determinar, nos primeiros 90 dias de gestão, seus principais objetivos de governo. O primeiro gestor municipal a atender a diretriz administrativa foi Gilberto Kassab, que apresentou 223 metas e, no final do segundo mandato, em 2012, cumpriu 123, o equivalente a 55%.

Já o ex-prefeito Fernando Haddad cumpriu 54% das metas estabelecidas quando assumiu a administração municipal, em 2013. Obras prometidas como os 150 quilômetros corredores de ônibus e as 55 mil unidades habitacionais não foram concluídas em sua totalidade.

Por sua vez, a gestão João Doria deve estabelecer entre 60 e 80 objetivos a serem cumpridas ao longo dos próximos quatro anos. No programa será contabilizada a quantidade de quilômetros dos novos corredores de ônibus e de creches abertas, por exemplo. A administração também pretende regionalizar as metas. 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia