O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

22/11/2017

Roubos de veículos cresceram 28% em nossa região

Publicado em 20/07/2012

A redução dos crimes de roubo e furto de veículos foi eleita como prioridade pelo coronel Roberva

 

Bairros nobres da zona Oeste, como Pinheiros com 31 casos, Lapa (44), Morumbi (47), Perdizes (48) e Butantã (75) são os locais onde ocorrem em maior número furtos de veículos. Na zona Sul, estão o Morumbi (47), Santo  Amaro (62) e Campo Limpo (65). Na região do Ibirapuera também foi registrado 72 casos de furtos.  

Já os casos de roubos de veículos estão em bairros carentes das zonas Sul e Leste da capital paulista. O campeão em roubos de veículos foi o 98º DP (Jardim Míriam), na zona Sul, que fica em uma das regiões mais pobres da capital. Lá, no mês de março deste ano, aconteceram 169 casos. Em segundo lugar vem o Jabaquara, com 134 casos.

No roubo há violência ou grave ameaça contra a vítima. No furto, não.

Os outros nove distritos do ranking são todos das zonas Sul ou Leste. Juntas, essas delegacias registraram 25% dos 4.255 casos da cidade.

No mês passado, segundo dados do governo, os casos de roubos de veículos na capital cresceram 28% em comparação com março de 2011.

Medidas emergenciais

A redução dos crimes de roubo e furto de veículos foi eleita como prioridade pelo coronel Roberval França, novo comandante da PM paulista. “É nosso principal fator de insegurança aqui no Estado de São Paulo”, afirmou França, em seu primeiro pronunciamento após substituir o coronel Álvaro Camilo no cargo.

O oficial diz que estratégias emergenciais serão adotadas e que essas medidas serão estruturadas com base em estudos que estão sendo feitos, mas deverão contar com a participação da Polícia Civil e as polícias rodoviárias estadual e federal.

Isso porque, segundo ele, parte da frota é levada para fora do Estado e do país.

Utilizando os números do primeiro trimestre, os roubos de veículos estão entre os que mais cresceram entre os crimes divulgados: 21%.

Em números absolutos, nesses três meses foram registrados 21.752 casos de roubo, além dos 27.098 furtos.

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia