O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

17/12/2017

Mulheres ao volante e... no guidão!

Publicado em 17/07/2015

por Enio Campoi

 

Diversas estatísticas de entidades de trânsito indicam um número cada vez maior de mulheres que dirigem automóveis e motos.

Uma delas aponta que, em 2007, havia no Brasil cerca de 1 milhão de mulheres com licença para dirigir automóveis, utilitários, caminhões e ônibus e mais de 130 mil para motocicletas. E que esses números cresceram vertiginosamente até 2014, chegando a  1,5 milhão de mulheres automobilistas e 300 mil representantes do sexo feminino pilotando motos.

Infelizmente, esse aumento de mulheres dirigindo automóveis e motos também fez crescer o número de acidentes com elas. Em 2007 foram registradas 38 mortes de motoristas e motociclistas brasileiras; em 2014, esse número chegou a 86.  Não consegui encontrar números atualizados de acidentes não fatais.

Proporcionalmente ao aumento do número de motoristas e motociclistas habilitadas, nota-se o crescimento do número de acidentes fatais com elas. Os especialistas acreditam que isso se deve muito ao grande aumento de mulheres pilotando motos, veículos mais frágeis e sujeitos a se envolverem em acidentes graves no trânsito caótico das grandes cidades brasileiras.

Mas a notícia reconfortante é que, no ano passado, os acidentes de trânsito com mulheres caíram sete por cento em relação a 2013, enquanto, infelizmente, os que envolveram homens ao volante e no guidão subiram nove por cento.

Não há a menor dúvida de que as mulheres são muito mais cautelosas no dia a dia do trânsito. Os estudiosos do comportamento de motoristas e motociclistas no trânsito concluíram que as mulheres são mais cautelosas, dirigem em velocidades mais baixas, são menos agressivas, usam capacete ao dirigir motos, e são as que mais obedecem à sinalização do trânsito. E, em muitos acidentes que se envolvem, são vítimas da irresponsabilidade dos homens que dirigem, do machismo e do preconceito masculino em relação à mulher motorista.

“Meu”, mais respeito e amabilidade com as senhoras e senhoritas que embelezam e fazem de nosso trânsito algo mais suave e seguro.  

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia