O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

20/11/2017

Automação – Do trabalho bruto e supérfluo ao intelectual e necessário

Publicado em 03/09/2016

Tecnologia a serviço do homem, esta é a nova ordem econômica mundial. Estamos entrando na era da revolução das coisas

Tecnologia a serviço do homem, esta é a nova ordem econômica mundial. Estamos entrando na era da revolução das coisas, na qual todos os objetos vão se integrar com as pessoas e estas, por sua vez, também irão operacionalizar os equipamentos em um simples elo entre o homem e as máquinas.

Será um tsunami de produtos vindo cada vez mais com essas integrações: carros, refrigeradores, roupas, relógios, óculos, lâmpadas, fechaduras, sistemas de energia solar, sistemas de irrigação na lavoura, sistemas de limpeza e muito mais... a chamada “internet das coisas”.

A GreenGloves atua no mercado de móveis planejados e decoração in house e é dirigida pelo empresário e designer de móveis Renato Gomes, que leva agora aos clientes o conceito da “casa inteligente”. Desde 2014, ele desenvolve conhecimentos sobre as mais diversas tecnologias com essa finalidade. Atualmente, cria projetos relacionados a móveis e à automação residencial. Seu projeto passa por analisar as necessidades dos clientes, gerando consultoria e aplicando recursos tecnológicos adequados para cada um deles.

Renato afirma: “A automação residencial não é um luxo necessário; a tecnologia deve estar relacionada aos hábitos e novos costumes do usuário, facilitando seu dia a dia. Pensando nisso, criamos o primeiro projeto de móveis com automação. Trata-se de um quarto para o cliente com necessidades especiais. Fizemos o projeto dos móveis fundamentado em cinco elementos básicos: área de alimentação, área de trabalho, área de leitura, área de descanso e home theater. Ou seja, em um único quarto, fizemos os móveis integrados e, com isso, ampliamos a área de circulação e a claridade, melhorando a segurança e a mobilidade do cliente. Mas onde entra a automação? Exatamente no quesito mobilidade: com apenas um toque na tela do celular ou tablet, o cliente controla as luzes de leitura, a luz ambiente, liga o home theater ou faz tudo ao mesmo tempo. O mais interessante é que a automação pode ser feita por fases. Poderemos incluir, ainda, acionamento de cortinas, ar-condicionado e até mesmo a sua máquina de café.”

Serviço: Loja Conceito – Rua Manoel Jacinto, 570; Tel: 3743 5649; greengloves.com.br

BOX

Depoimento do cliente

O século XXI é o da era da automação, que chegou para substituir o trabalho bruto e pesado dos camponeses sofridos, culminando no início da Revolução Industrial do século passado. Cansados de tanta exploração, esses trabalhadores migraram aos poucos após o nascimento dos primeiros centros urbanos, no limiar da década de 1950. Estatística recente revela que, nos últimos 65 anos, 175 milhões de brasileiros foram morar na cidade, aumentando em 10 vezes a população urbana. Bem-vindo à era dos Jetsons, bem-vindo ao trabalho intelectual, porque hora de carregar peso é só na academia. Pensando nisso, elaboramos, com a ajuda da GreenGloves, um quarto inteligente que evitasse a locomoção desnecessária e suprisse minha deficiência física, criando uma infraestrutura acessível e funcional. Todas as necessidades do quarto – TV, luz do teto, luz de leitura – ficam armazenadas em um único controle, o próprio celular, evitando acidentes por movimentos supérfluos. Além disso, economizamos tempo e dinheiro, principalmente na conta de luz, no final do mês. Adeus interruptor, adeus controle remoto.

Rogério Candotti é colunista deste jornal.

FECHAR

 
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia