O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

26/05/2017

Como iluminar um apartamento tipo studio?

Publicado em 27/10/2016

Quer planejar uma iluminação mais eficiente para um apartamento de até 40m²?

Quer planejar uma iluminação mais eficiente para um apartamento de até 40m²? A Philips Lighting te ajuda. Esse tipo de ambiente costuma ser integrado, com poucas divisões entre quarto, cozinha e sala. Assim, para conseguir uma sensação de amplitude, a Philips recomenda uma iluminação interativa e a mais dinâmica possível para atender às diferentes situações. 
A iluminação em qualquer espaço deve ser pensada ambiente por ambiente, sem deixar de lado o estilo de vida dos usuários. Um recurso que ajuda no dinamismo da iluminação, tornando-a mais funcional, são os controladores de iluminação, já que o equilíbrio da luz pode influenciar em nosso comportamento no decorrer do dia e estabilizar nosso relógio biológico, interferindo no sistema imunológico e até mesmo no humor. No início do dia vale considerar uma luz menos intensa, que vai clareando e ficando mais brilhante. No entardecer, a iluminação esmaece, tornando-se mais amarelada, o que acalma e indica que é hora de descansar.
Pensando nisso, em áreas de atividade como cozinhas, banheiros, lavanderias e escritórios, é indicada a utilização de luz branca ou fria, que despertam nosso senso ativo. Nos rótulos das lâmpadas LED, as opções estão indicadas como aproximadamente 4.000K, ou seja, uma temperatura de cor mais fria. Já em ambientes mais relaxantes, como dormitórios e salas, o ideal é aplicar lâmpadas de cores mais quentes, que nos rótulos de produtos em LED estão indicadas entre 2.700K a 3.000K, que ajudam a acalmar e estimulam o nosso repouso.
Em espaços integrados, uma boa opção é manter a iluminação geral homogênea, com a mesma temperatura de cor – fria (4000K) ou quente (3000K) – e a mesma linguagem de luminária (clássica, rústica, vintage etc.). O que fará a diferença serão as luminárias de destaque, como os spots ressaltando alguns detalhes da decoração, pendentes em bancadas, abajures e luminárias. Os cenários criados com os controladores também ajudam na integração e delimitação de ambiente.
Para auxiliar no equilíbrio da intensidade de luz, é possível encontrar no mercado recursos como o Dimmer, que funciona como o controle de volume de um rádio que varia de intensidade de luz conforme nossa vontade. Assim, com a aplicação de lâmpadas que permitem esse tipo de controle, também chamado de “dimerizável”, é possível ter no mesmo ambiente várias cenas: românticas, tranquilas, ativas, sendo um sistema que proporciona conforto e economia.
Vale destacar também que, para dar a sensação de amplitude ao ambiente, existem outros fatores relevantes aliados à iluminação, como uma ambientação adequada que favoreça a circulação e a integração dos espaços. Paredes e teto claros auxiliam na reflexão da luz, tanto natural quanto artificial. Os espelhos também ajudam a refletir a iluminação, tornando-se aliados na sensação de amplitude dos ambientes. Nesse caso é aconselhável a aplicação de luminárias difusas, com fechamento em acrílico ou vidro que possa dissipar o brilho da luz, evitando que a iluminação cause desconforto para a visão quando rebatida nos espelhos.
 
Confira mais em: www.philipsjuntocomvc.com.br e em http://www.lighting.philips.com.br

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia