O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

19/11/2017

Truques práticos para ampliar o ambiente

Publicado em 03/03/2017

É sempre um desafio pensar na decoração de um ambiente reduzido, principalmente sem a ajuda de um profissional.

É sempre um desafio pensar na decoração de um ambiente reduzido, principalmente sem a ajuda de um profissional. Cada cantinho deve ser bem aproveitado e, para isso, móveis planejados, com mais de uma função e retráteis são soluções inteligentes que não prejudicam a circulação no ambiente. Além disso, existem alguns truques essenciais para criar a sensação de ambiente amplo, mesmo em pequenos espaços. Um bom exemplo disso é a integração de ambientes na casa. “Integrar ou não ambientes tem muito a ver com a personalidade do morador. Muitos não gostam, pois acham que a privacidade é perdida; por outro lado, a sensação de estar em um ambiente maior é inevitável”, explica a designer de interiores Tássia Pereira.

•             Iluminação

A iluminação do ambiente pode ser pensada de forma que o cômodo pareça mais amplo. Para isso, é indicado o uso de iluminação indireta, como arandelas e painéis iluminados nas paredes. Sancas no teto com iluminação indireta, spots embutidos e lustres pequenos também ajudam a criar essa sensação, por não poluírem visualmente o ambiente. “Além da sensação de espaço ampliado, esse tipo de iluminação pode deixar o ambiente mais confortável e aconchegante”.

•             Mobiliário

Móveis com alturas mais baixas colaboram para que o campo visual do proprietário fique o mais livre possível. Mobiliários versáteis e multiuso também auxiliam no aproveitamento de espaço, como, por exemplo, camas box baú, mesas retráteis, sofás-cama, buffets com portas e gavetas, gabinetes e nichos para guardar pufes, que são ótimas opções de assentos adicionais quando necessário.

 

Planejar o mobiliário é o segredo para manter o ambiente organizado e espaçoso o suficiente para guardar objetos que ocupam espaço e atrapalham a passagem.

•             Cores e texturas

As cores e texturas da mobília e das paredes influenciam diretamente na perspectiva do espaço. “Paredes com texturas pesadas, como grafiatos e mosaicos de pedra natural, deixam o ambiente menor. Por essa razão, indicamos paredes com cores claras e neutras, bem como cortinas na mesma linha de cor, evitando a segmentação da parede”, aconselha.

Cores mais fortes para mobiliários podem ser pontuais, como o estofado de uma poltrona, quadros mais coloridos ou um móvel.

 

•             Espelhos

Os espelhos ajudam a ampliar o espaço por conta do reflexo que produzem. O ideal é pensar sempre em qual imagem o espelho irá refletir, dando preferência para que o reflexo seja para áreas amplas, como varandas e corredores, ou que traga a luz de janelas ou paredes lisas e claras. “Os espelhos devem ser grandes, de preferência do chão até o teto”, finaliza Tássia.

Serviço: tassiapereira.com.br

FECHAR

 
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia