O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

25/07/2017

Acidentes com motos subiram de 478 para 512 em 2011

Publicado em 16/05/2012

Desde 2009, motoristas, pedestres e ciclistas mortos no trânsito seguem em curva decrescente, enqu

Desde 2009, motoristas, pedestres e ciclistas mortos no trânsito seguem em curva decrescente, enquanto os motociclistas saltaram de 428 mortos em 2009 para 478 em 2010 e 512 em 2011. 

 
A fiscalização de excesso de velocidade das motos começou a ser feita, na prática, apenas no final de março, quando os agentes de trânsito passaram a usar seis radares portáteis capazes de fotografar as placas das motos. 
Até então, praticamente nenhum radar conseguia fazer o flagrante. No primeiro mês de fiscalização, registraram 9.344 infrações. Novas motofaixas estão, por enquanto, descartadas pela CET. 
Entre as regiões onde aconteceram maior número de acidentes em 2011 estão Lapa (45), Santo Amaro (39), Butantã (37), Marginal Pinheiros (36), Jabaquara (27) e Vila Mariana (25).  
 
 
Segundo a superintendente de educação no trânsito da companhia, Nancy Schneider, um programa educativo está sendo pensado para melhorar o compartilhamento de vias entre carros e motos, mas ainda não há data.  
Mortes por atropelamento caem segundo o relatório de acidentes de trânsito fatais na cidade de São Paulo, houve 617 mortos por atropelamento em 2011 contra 630 em 2010. A redução foi menor do que os 6% registrados entre 2009 e 2010, quando não havia multas a motoristas nem propaganda massiva na cidade. 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia