O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

17/12/2017

Aliança Cultural Brasil-Japão inaugura Centro Cultural em Pinheiros

Publicado em 03/08/2017

O Centro Cultural Aliança possui 751 metros quadrados dedicados à realização de cursos de língua japonesa, artes e gastronomia, além de palestras e eventos culturais

A nova sede da Aliança Cultural Brasil-Japão foi inaugurada no dia 29 de julho, em cerimônia que reuniu cerca de 250 convidados. O Centro Cultural Aliança, a primeira sede própria da entidade, possui 751 metros quadrados dedicados à realização de cursos de língua japonesa, artes e gastronomia, além de palestras e eventos culturais, com auditório, salas multiuso e espaço voltado exclusivamente aos cursos de culinária japonesa.

Inauguração do Centro Cultural Brasil-Japão, em Pinheiros, contou com a presença de autoridades no sábado (29)

“Gostaríamos de fazer uma saudação especial ao cônsul Takahiro Nakamae, que retornou ao Japão no início deste mês e acreditou em nosso projeto desde o início. Acredito que muito do que fizemos foi resultado direto da confiança do povo japonês. A partir do momento em que o governo japonês acreditou no projeto, tivemos muito incentivo no desafio de finalizar a obra. Para nós foi fundamental o apoio de todas as pessoas, instituições, organizações e empresas na construção deste Centro Cultural”, afirmou o presidente da Aliança, Dr. Yokio Oshiro, na abertura do evento.

A cerimônia contou com a presença dos principais representantes da comunidade nipo-brasileira e de lideranças comunitárias da região de Pinheiros e Vila Madalena. “Entidades como a Aliança desempenham papel fundamental em ensinar, divulgar e transmitir a cultura e a língua japonesas no Brasil. Temos muita admiração e respeito pela Aliança, por todo o empenho nessa jornada de 60 anos de muito suor e trabalho. As atividades que serão promovidas no Centro Cultural possibilitam saborear as diversas faces da cultura japonesa, e faço votos para o fortalecimento dos laços de amizade entre Brasil e Japão”, disse a cônsul geral interina do Consulado Geral do Japão em São Paulo, Hitomi Sekiguchi.

O governo japonês doou todos os equipamentos destinados às salas do Centro Cultural Aliança, em benefício da difusão da língua e da arte japonesas no Brasil, através do Programa de Assistência a Projetos Comunitários de Cultura, modalidade de cooperação dirigida a entidades que contribuem para o desenvolvimento da atividade cultural e de ensino.

A Fundação Kunito Miyasaka foi uma das instituições que apoiaram a construção. “Acreditamos que a arte e a cultura aproximam povos e nações e possibilitam a transformação das pessoas. Certamente, através das atividades desenvolvidas no Centro Cultural, a Aliança poderá aproximar o Japão e o Brasil e continuar a desenvolver o intercâmbio cultural entre os países”, declarou Roberto Nishio, presidente da entidade.

O presidente do Conselho Superior da Aliança, Dr. Aurélio Nomura, relembrou todo o histórico da construção, que levou mais de seis anos. “A diretoria da Aliança trabalhou muito pela continuidade desta obra, idealizada pelos nossos ex-presidentes Dr. Jo Tatsumi e Anselmo Nakatani, que, juntamente com Dr. Yokio Oshiro, levaram à frente os ensinamentos e ideais do fundador da Aliança, o poeta Guilherme de Almeida”, lembrou Nomura.

Parcerias estratégicas

A sede foi construída com recursos próprios e o esforço de inúmeros colaboradores, contando com apoio do governo japonês e da Fundação Kunito Miyasaka, além de empresas como Honda Automóveis, Toto Brasil, Bradesco, Fujitsu do Brasil, Furukawa, Consfat e Apoio Fundações.

Entre os diferenciais do espaço, uma programação exclusiva e recheada de novidades. “Teremos o curso de instrumentos tradicionais japoneses com Shen Ribeiro; música clássica com o maestro Ricardo Fukuda; a Escola de Culinária Japonesa de São Paulo, do chef Shin Koike; e, para supervisionar a área de Cultura e Artes, nosso curador Jo Takahashi, que aceitou o desafio de ser parceiro da Aliança”, comemora.

Estrutura do Centro Cultural

Com supervisão do engenheiro Sussumu Niyama e projeto da arquiteta Rosana Nakano, o Centro Cultural Aliança é um espaço cultural moderno e inovador, com 751 metros quadrados de área total e ótima localização, próximo à estação Fradique Coutinho do metrô e com fácil acesso pelas principais vias da capital. No espaço serão desenvolvidas atividades de ensino da língua japonesa e uma extensa programação de cursos, palestras e eventos culturais. Além do Auditório Kunito Miyasaka, o Centro terá um espaço voltado a cursos de gastronomia japonesa, na Escola de Culinária Japonesa de São Paulo, capitaneada pelo chef Shin Koike.

A Aliança Cultural Brasil-Japão foi fundada pelo poeta Guilherme de Almeida em 1956. Atualmente com 3.000 alunos por ano, é a maior escola de língua japonesa da América Latina, atuando de maneira decisiva no intercâmbio entre Brasil e Japão.

 

Cursos oferecidos na unidade:

 

Língua Japonesa – Marugoto Aliança (a partir de 13 anos)

Língua Japonesa – infanto-juvenil (6 a 12 anos)

Música Clássica – maestro Ricardo Fukuda

Música Tradicional Japonesa – Shen Ribeiro

Escola de Culinária Japonesa de São Paulo – chef Shin Koike

Origami (dobraduras) – Alice Haga e Mari Kanegae

Ikebana (arranjo floral) – Lina Kawamura

Shodô (caligrafia japonesa) – Elcio Yokoyama

Washi-ê (colagem com papel washi) – Luiza Okubo

Etiqueta Japonesa – Lumi Toyoda

Kirigami (origami arquitetônico) – Naomi Uezu e Marcelo Taba

Sumiê (pintura com tinta sumi) – Suely Shiba

Mangá (desenhos) – Fábio Shin

Orinuno (origami em tecido) – Thais Kato

Furoshiki (embalagem japonesa) – Sofia Nanka Kamatani

Soroban (ábaco japonês)

 

Serviço: Rua Deputado Lacerda Franco, 328; Tel: 3031 5550; E-mail: pinheiros@aliancacultural.org.br; aliancacultural.org.br

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia