O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

17/10/2017

Aumento do roubo de celulares em São Paulo. É preciso fazer o bloqueio, mas...

Publicado em 08/06/2017

Em São Paulo, após o roubo de um celular, é possível fazer o bloqueio do aparelho por meio do Imei (número de identificação). Em outros Estados, isso não ocorre. Dessa forma, bandidos de outro

 
Em São Paulo, após o roubo de um celular, é possível fazer o bloqueio do aparelho por meio do Imei (número de identificação). Em outros Estados, isso não ocorre. Dessa forma, bandidos de outros Estados vêm aqui para roubar os aparelhos. O aumento tem sido grande diante dessa facilidade.
Em todos os Estados da União, “a Polícia Civil hoje está sucateada, com cada vez menos policiais”, afirma Guaracy Mingardi, em sua coluna “Análise” (OESP – 17/05/17).
E mais: os ladrões e receptadores não são identificados, razão pela qual exercem suas atividades livres. A cada dia, o volume de queixas de roubos é maior, e a polícia nada faz. Os receptadores aumentam, o roubo aumenta e a polícia não consegue ao menos identificar os criminosos. Falência total da polícia. Segundo Mingardi, “os governos se preocupam mais com a polícia preventiva, no caso, a Polícia Militar. Não se preocupam com a investigação de crime”.
“A explicação é simples: aumento de crime não derruba governo, que foca os investimentos na polícia que seja mais ostensiva e, por exemplo, evite ‘bagunça’, como manifestações e depredações”, continua.
Advertência: é criminalizado com prisão de 3 a 8 anos quem adquirir, receber, transportar, conduzir, ocultar, ter em depósito, montar, remontar, vender, expor à venda, ou de qualquer forma utilizar, em proveito próprio ou alheio, produto de crime, segundo nosso Código Penal
 
 
O. Donnini
advogado
 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia