O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

20/11/2017

Ganância. Abuso de poder e de informação. Delitos Empresariais

Publicado em 27/03/2017

Nos últimos anos, assistimos a um rosário de escândalos financeiros protagonizados por empresas de grande prestígio

 

Nos últimos anos, assistimos a um rosário de escândalos financeiros protagonizados por empresas de grande prestígio que levaram milhares de acionistas poupadores a perderam suas economias, bem assim uma lista enorme de funcionários desempregados.

O caso Eron, nos Estados Unidos, iniciou a sequência de escândalos financeiros provocados por altos executivos de empresas importantes. A dimensão e variedade dos delitos cometidos com fraudes contábeis, mudanças fraudulentas de lançamentos financeiras falsos, bem assim um número de transgressões que causaram imensas perdas a investidores e que levaram à prisão muitos executivos que burlavam as estatísticas.

Na Inglaterra, cerca de um quarto dos anúncios de aquisições de empresas foram precedidas de mudanças suspeitas nas cotações das ações que alcançavam cinco ou dez vezes o seu preço médio.

Durante o ano de 2010, nas inúmeras operações mais importantes de aquisição de empresas nos Estados Unidos, nos três dias anteriores ao dia da divulgação da compra, o preço das ações subiu, em média, mais de três vezes o seu valor normal. Acreditam que houve transações especulativas disparadas por pessoas que sabiam que a compra iria ocorrer. A tentação de utilizar essas informações à custa dos acionistas e do mercado em geral é muito grande, daí os delinquentes atuam, principalmente diretores de empresas.

O. Donnini

 

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia