O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

26/06/2017

Páscoa: seis orientações para economizar

Publicado em 09/04/2017

 

 

Fotos: Pixabay e SXC

Neste ano, os ovos de Páscoa estão em média 3,4% mais caros do que no ano passado, segundo a Associação Brasileira de Supermercados (ABRAS). É importante se programar, conforme sinaliza o presidente da Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin), Reinaldo Domingos.

Compare: observe quanto custa uma barra de chocolate e um ovo de Páscoa, ambos da mesma marca, avaliando a quantidade de produto em cada um. A diferença, dependendo do caso, pode superar 400%, quantia significativa mesmo para a compra de apenas uma unidade, quanto mais para várias.

Pense: agir por impulso pode levar ao comprometimento das finanças, portanto, reflita sobre a importância de comprar algo caro, perecível e que representa uma única data do ano. Caso a intenção seja presentear toda a família, procure ser consciente e buscar alternativas mais econômicas.

Priorize: por mais que haja vontade de presentear todos, priorize as pessoas mais próximas e que dão mais valor aos doces – afinal, não são todas. O acúmulo de chocolate pode gerar desperdício, não apenas de dinheiro, mas também de alimento. Considere priorizar as crianças, que criam mais expectativas em relação à data.

Negocie: se desejar comprar itens de marcas específicas e tiver dinheiro para isso, ótimo. Mas lembre-se de que é sempre válido negociar, especialmente ao pagar à vista e comprar em grandes quantidades. Pesquise preços em diversos estabelecimentos e opte por aquele que oferecer os menores valores e as melhores condições de pagamento. Peça desconto.

Substitua: considere trocar os ovos de marca por caseiros, que também possuem boa qualidade e não carregam o “status” da marca, que tanto encarece o produto. Muitas pessoas se dedicam à produção de chocolates caseiros na Páscoa. Aproveite a oportunidade para economizar e valorizar o trabalho de seus conhecidos.

Simplifique: é possível fazer algo coletivo, como uma cesta de chocolates para pessoas que moram na mesma casa. Sairá bem mais em conta. É importante lembrar que chocolate demais não faz bem para a saúde, portanto, evite o consumo exacerbado. Lembre-se: o sentido da Páscoa é algo bem mais complexo e espiritual. 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia