O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

17/10/2017

Região lidera em reciclagem, mas ainda é pouco

Publicado em 02/06/2012

As regiões de Vila Mariana, Santo Amaro e Pinheiros são as que mais reciclam lixo na Capital. Por

 

As regiões de Vila Mariana, Santo Amaro e Pinheiros são as que mais reciclam lixo na Capital. Porém, nenhuma delas consegue enviar mais de 5% do material que produz para os pontos de triagem, reflexo da falta de uma política pública para o descarte de resíduos sólidos. 
Hoje, a cidade de São Paulo conta com 21 centrais de para seleção do lixo, que não têm capacidade de atender a demanda. Como consequência, os atrasos de caminhões das concessionárias nos horários da coleta começam a ser cada vez mais comuns. 
Somente entre 2009 e 2011, o recolhimento de material reciclável teve um aumento médio de 120 toneladas diárias para 214. Segundo ambientalistas, a Capital recicla hoje 1,2% do lixo gerado, enquanto o ideal seria 12%.
Vila Mariana, zona Sul, é a região que mais recicla materiais, com 4,95%; Santo Amaro vem em segundo, com 4,01% e Pinheiros em terceiro com 3,55%. Butantã-Morumbi destina apenas 0,86 do lixo e Lapa, 2,45%. 
Urbanistas e ambientalistas afirmam que para tornar São Paulo uma cidade mais sustentável é necessário que o poder público melhore a infraestrutura das centrais de triagem e aumente o número dos pontos de coleta, instalando unidades em todas os bairros.
Porém, o trabalho deve ser realizado junto a campanhas de conscientização nas escolas. Dados da administração municipal indicam que as regiões com alto índice de escolaridade na Capital são as que mais reciclam lixo. 
Pinheiros e Santo Amaro estão entre as regiões que mais reciclam, mas menos de 5% do lixo 
 
Programa de Reciclagem no E.C. Pinheiros 
O Esporte Clube Pinheiros está realizando um trabalho com sócios e voluntários para reciclagem de banners das exposições, palestras e eleições realizadas pelo clube, que eles jogavam fora e passaram a reaproveitar esse material na confecção de bolsas e sacolas que deverão ser comercializadas em um bazar junino num trabalho social do Pinheiros  desenvolvido pelo DAS (Departamento de Assistência Social). 
A partir deste programa, a assistência social do Pinheiros pretende estender e estimular outros trabalhos de reciclagem e reaproveitamento de materiais descartados no intuito de contribuir com a preservação do meio ambiente. 
 

 

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia