O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

26/05/2017

Quer fugir do Carnaval?

Publicado em 23/02/2017

A folia vai tomar conta da cidade nos próximos fins de semana. Muitas são as alternativas para quem curte o agito e as marchinhas de Carnaval. Mas e para quem procura sossego, o que fazer?

 
A folia vai tomar conta da cidade nos próximos fins de semana. Muitas são as alternativas para quem curte o agito e as marchinhas de Carnaval. Mas e para quem procura sossego, o que fazer?
Assim como outras grandes metrópoles globais, São Paulo é marcada pela forte urbanização e pelas vastas opções de negócios, lazer e entretenimento. Durante os dias úteis, é difícil não fazer parte dessa correria. Para quem mora na cidade, é fácil esquecer que São Paulo também possui matas.
Não bastassem todas essas características que fazem de São Paulo uma cidade singular, a metrópole também impressiona pela grande extensão de áreas verdes. E estas podem ser exatamente o que você precisa para conseguir um pouco de paz.
Veja abaixo algumas dicas de passeios em uma São Paulo que nem se parece com a metrópole à qual você está acostumado. Assim, é só ligar o GPS.
Cachoeira das Virgens e do Jamil
No período da manhã, o roteiro pode começar no Sítio do Bambu, onde se localiza o Poço das Virgens – um ribeirão de águas cristalinas que corre por um trecho de Mata Atlântica, formando uma linda queda d’água que termina em um poço rodeado de pedras, local perfeito para um belo mergulho. No período da tarde, pode-se seguir rumo à Fazenda Nossa Senhora das Graças, situada na confluência do rio Monos com o rio Capivari, ponto simbólico da região, pois os rios deram nome à maior Área de Proteção Ambiental de São Paulo, a Capivari-Monos. A cachoeira do Jamil é considerada uma das mais belas da região.
Estr. Evangelista de Souza, 106 (Cidade Luz).
Parque Estadual da Serra do Mar
Este roteiro é realizado no Núcleo Curucutu do Parque Estadual da Serra do Mar-PESM, onde se pode percorrer a trilha do Mirante e da Bica. Uma agradável caminhada por mares de morros, em meio a belos campos naturais, conduz o visitante até o cume da serra, onde se localiza o marco da divisa entre os municípios de São Paulo e Itanhaém. Em dias de boa visibilidade é possível avistar o litoral paulista. Há outras opções de trilhas no Parque; informe-se no próprio Núcleo.
Rua da Bela Vista, 7.090 (Embura do Alto); Tel: 5975 2000; pesm.curucutu@fflorestal.sp.gov.br; de quarta a domingo, das 9h às 16h30. É necessário agendamento para visitas.
Roteiro Mirante da Cratera de Colônia
O início deste roteiro se dá no Mirante da Cratera de Colônia, ponto que permite ao visitante observar e conhecer este impressionante fenômeno geológico da cidade de São Paulo. De lá pode-se seguir para a Colônia, bairro que guarda resquícios da colonização alemã, e visitar a Igreja de Santo Expedito e o Cemitério de Colônia, o primeiro cemitério protestante do Brasil, com suas campas e cruzeiros bem preservados. Outra opção é seguir para o Embura e visitar o Instituto Pedro Matajs, onde se pode conhecer o cultivo do cogumelo shiitake e a produção de mudas e sementes de espécimes da Mata Atlântica.
Estrada Engenheiro Marsilac a Barragem, s/nº.
Cicloturismo nas APAs
Passeio ciclístico no extremo sul da cidade de São Paulo, dentro de uma Área de Proteção Ambiental. Região com importante remanescente de Mata Atlântica, com característica rural e comunidades históricas. Pode-se pedalar ao som de pássaros, da locomotiva e à sombra de árvores nativas e exóticas.
Península do Bororé
A península do Bororé é acessada por meio da balsa que atravessa a represa Billings. Lá, pode-se conhecer a Capela de São Sebastião, saborear petiscos típicos e a tradicional cachaça curtida no cambuci no bar do Edinho, além de visitar o sítio Paiquerê, onde, além do ninhário de garças, o visitante pode apreciar a arquitetura modernista e um interessante acervo de obras de arte.
Bairro localizado no extremo sul da cidade de São Paulo, cercado pela Represa Billings.
Vila Ferroviária Evangelista de Souza
Na primeira etapa deste roteiro, o visitante tem a oportunidade de conhecer o complexo da Vila Evangelista de Souza – vila ferroviária do ramal Mairinque-Santos construída no início do século passado, período áureo do café no Brasil. A partir da Vila, pode-se acessar por trilha a cachoeira das Virgens, o encontro dos rios Capivari e Monos, as cachoeiras da Fazenda Nossa Senhora das Graças e o mirante de Evangelista de Souza.
Há uma caminhada de cerca de 6,5 km após descer no ponto final da linha de ônibus 6L05-10 Term. Parelheiros – Barragem.
Aldeia Indígena Guarani/Colônia Paulista/Cratera de Colônia
Este interessante roteiro começa no bairro de Colônia Paulista, local histórico onde foi instalada a primeira colônia de imigrantes alemães do estado de São Paulo – e uma das primeiras do Brasil. A cerca de 5 minutos do centro de Colônia, encontra-se o fenômeno geológico denominado Cratera de Colônia, uma planície aluvial cercada por um anel colinoso com 125 metros de altura em relação ao fundo da planície. Sua formação se deve à colisão de um objeto celeste há aproximadamente 30 milhões de anos. Finalizando o roteiro, é possível fazer um passeio pela Aldeia Guarani Krukutu, ou Tenondé-Porã, e uma trilha ecológica até a beira da Represa Billings, além de assistir a apresentações de canto e dança com crianças da Aldeia; acompanhar uma palestra sobre os costumes guaranis na casa de reza e visitar a exposição de artesanato.

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia