O Grupo 1 Edição Digital Grupo 1 Mobile Fale Conosco
Receba nossas notícias

25/07/2017

Proximidade do verão exige ainda mais atenção no combate ao Aedes aegypti

Publicado em 08/12/2016

Em outubro do ano passado, o Governo Federal se pronunciou oficialmente pela primeira vez sobre o surto de microcefalia em bebês provocado pelo zika vírus.

 
Em outubro do ano passado, o Governo Federal se pronunciou oficialmente pela primeira vez sobre o surto de microcefalia em bebês provocado pelo zika vírus. Hoje, mais de 3 mil casos suspeitos são investigados pelo Ministério da Saúde, dos quais mais de 2 mil já foram confirmados.
O zika vírus é transmitido pelo Aedes aegypti, o mesmo mosquito da dengue e da chikungunya. Como ainda não se descobriu uma forma eficiente de combate ao mosquito, o melhor remédio continua sendo a prevenção, ou seja, a redução das possibilidades da criação e reprodução do Aedes.
Embora as medidas sejam bem conhecidas, a repetição é importante, porque a eficiência do controle exige cuidados permanentes com os criadouros dos mosquitos nas residências. Segundo o Ministério da Saúde, dois terços dos criadouros do Aedes se encontram no interior dos domicílios.
Com a proximidade do verão, época mais propícia para a proliferação do mosquito, é importante reforçar ainda mais a atenção para o problema. Por isso, o biólogo Horacio Teles, membro do Conselho Regional de Biologia, lembra dez cuidados fundamentais para a redução do risco de transmissão das doenças:
- Tonéis e caixas d’água devem estar bem fechados.
- Manutenção da limpeza das calhas.
- Armazenamento de garrafas com a boca para baixo.
- Utilização de tela nos ralos.
- Lixeiras devem estar sempre bem tampadas.
- Colocação de areia nos pratos de vasos de planta.
- Limpeza dos bebedouros de animais com escova ou bucha.
- Acondicionamento de pneus em locais cobertos.
- Eliminação da água sobre as lajes.
- Coleta e eliminação de detritos e entulhos em quintais e jardins.

FECHAR

 
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
 
         
     


Gastronomia

Colunistas

Tecnologia